Autorretratos camuflados de Cecília (nas) Paredes

Com originalidade, esta artista peruana encontrou uma forma criativa de se auto-retratar em uma série recente de fotografias: com maquiagem, torna-se parte de papéis de parede floridos. Um detalhe engraçado é seu nome: Cecília Paredes.

Atualmente vivendo nos Estados Unidos, ela utiliza usa tecidos e tintas para se misturar aos panos de fundo de seus autorretratos. Para isso, conta com uma equipe de pintores que já chegou a passar sete horas tentando acertar as cores e formas exatas em seu corpo. O processo é delicado: se artista se move ou sorri, a tinta pode rachar. Quando isso acontece, tudo é reiniciado. “Nós acertamos a luz, a maquiagem, a ideia que queremos passar, tudo com antecedência, para que esteja tudo pronto quando estou pintada”, explica Paredes.

Intitulada Landscapes (paisagens), a série busca retratar lugares onde ela esteve. Por se dividir entre o Peru e os Estados Unidos, trabalhou com o tema da constante mudança de residência. Nas palavras dela, “a intenção não é ser uma ‘artista escondida’, mas ser parte da paisagem, dizer ‘eu estive aqui’.”

Incorporada.

Gostou? Compartilhe: