Mais sobre a projeção 3D “Porto Alegre: o futuro já começou”

projecao-poa

O aniversário de 240 anos de Porto Alegre rendeu inúmeras comemorações e homenagens, mas é difícil encontrar alguma tão impactante e criativa quanto a projeção 3D realizada na fachada do Mercado Público nos dias 27 e 28 de março. Intitulada “Porto Alegre: o futuro já começou” e obra da Tratoon Cápsula Sonora, ela contou com o envolvimento de Gregório Kuhn, que trabalha na área de RTVC da ESPM-Sul (e que, à propósito, atuou como Diretor de Fotografia neste projeto aqui) e Andrei De Nes, ex-aluno de Publicidade e Propaganda na instituição e professor da Escola de Criação. Conversamos com Andrei sobre o projeto.

 

Há cerca de um ano, Andrei, que na época ainda trabalhava no setor de pós-produção de video da ESPM-Sul, iniciou conversas com a Tratoon sobre a possibilidade de trabalhar com projeções mapeadas, uma área promissora que já rendeu muitos cases interessantes (vários deles postados aqui no blog). “Percebendo o potencial de projetos como este, resolvi abrir uma empresa própria, com o objetivo de gerar efeitos visuais em projetos publicitários, cinematográficos e eventos”, explica. No projeto do Mercado, Andrei gerou o conteúdo projetado na fachada. “Fui pescando tudo que era citado em caráter de brainstorm e construindo um material em video que pudesse unir elementos que simbolizavam Porto Alegre, gerando um impacto visual interessante”, relembra.

 

Andrei conta que vários testes foram feitos antes que um projeto dessa magnitude fosse abraçado. “Tivemos que ser muito organizados, pois tínhamos um prazo apertado e muitas idéias”. Muitos dos símbolos apresentados estão relacionados com o cotidiano do Mercado e sua história, desde o grande incêndio ocorrido em 1912 até a enchente de 1941. Desses dois marcos, por exemplo, surgiram as projeções que mostram fogo e água, acompanhados de peixes e outros elementos. “Temos também a presença de frutas, café, pombas e o por do sol do guaíba, que são marcantes dentro do mercado e em Porto Alegre”, conta. Outra referência interessante que merece destaque é a presença de bolas de destruição, que tentam e não conseguem acabar com o Mercado. Aos que não sabem, a construção correu o risco de ser demolida para dar lugar a uma avenida, mas o clamor popular fez com que a decisão fosse reconsiderada. “Ele foi tombado como Patrimônio Histórico e Cultural de Porto Alegre, ou seja, é intocável”, define Andrei.

Para Andrei, as perspectivas para este tipo de trabalho no país e em Porto Alegre são superpromissoras: “Podemos notar com uma breve pesquisa que projetos que utilizam as mesmas técnicas estão ploriferando aqui e lá fora, e com a Copa do Mundo e as Olimpíadas chegando, cada vez mais teremos demandas como esta”. Vale lembrar que, de acordo com ele, uma vez apresentado um material como este, é necessário sempre tentar surpreender com recursos novos, pois o publico também começa a ficar mais exigente.

Abaixo, um link com um dos primeiros testes de projeção, feito na janela do Showroom da Tratoon Capsula Sonora. O mesmo local sediará a empresa de efeitos visuais de Andrei, a DENES, que logo, logo será inaugurada.

Gostou? Compartilhe: