No dia do aniversário de Che Guevara, veja como ele foi utilizado na publicidade

lugaresche.preview

É impressionante como uma simples fotografia de registro documental pode ganhar mutável força enquanto objeto mais reproduzida no mundo: a imagem de Ernesto Che Guevara, de Alberto Korda, que se estivesse vivo, hoje completaria 84 primaveras. Em sintonia com a fotografia, a publicidade utiliza a imagem de Che como ferramenta de persuasão há muito tempo.

E também cria polêmica. A mais recente foi o uso da famosa imagem do revolucionário em um anúncio da Mercedez Benz. Ao promover um aplicativo que ajuda os motoristas a encontrar caronas, o diretor da Mercedez, Dieter Zetsche, apareceu em frente a uma enorme imagem de Che, com o famoso logo da empresa no lugar da estrela comunista. Zetsche ainda ironizou: “Alguns colegas ainda acham que dividir o carro beira o comunismo”, disse. “Bom, se é assim, viva la revolución!”. Os cubanos exilados nos Estados Unidos (e outros tantos que não conseguem sair de Cuba) ficaram indignados, a Mercedez pediu desculpa, mas o estrago já estava feito.

No Brasil, a BomBril também utilizou Che Guevara em suas propagandas na TV e em revistas.

A imagem de Che Guevara sem barba foi colocada pela MatosGrey no novo anúncio do Rolo Adesivo Scoth-Brite, fabricado pela 3M. A idéia é enfatizar o conceito de que o produto é a melhor solução para eliminar pêlos e poeira das roupas.

Veja mais exemplos:

Eterno.

Gostou? Compartilhe: