Os mundos surreais de Scarlett Hooft Graafland


Scarlett Hooft Graafland, “Sweating Sweethearts”, Salt Works, Bolivia.

A inspiração da fotógrafa Scarlett Hooft Graafland está no impossível, nos mundos inventados. Para dar vida ao surreal, ela viaja até lugares distantes e interfere de maneira singular em sua paisagem.


Scarlett Hooft Graafland, “Domestic Marble”, Salt Works, Bolivia.

Holandesa, Graafland ganhou destaque internacional por mesclar pesquisa, fotografia, sensibilidade e arte. Suas imagens mostram a interferência humana onde a natureza impera. Antes de produzir suas instalações, ela explora os espaços de forma ampla: convive com as pessoas que os frequentam e busca compreender sua cultura e seus costumes.

A artista enfatiza que não produz montagem nem interfere digitalmente em suas fotografias. Para realizar seus projetos, tem a ajuda de duas de suas principais qualidades: a capacidade de adaptação e o espírito aventureiro. Já passou longas temporadas em lugares inóspitos como vulcões islandeses, planíceis no sul da Bolívia e montanhas chinesas.


Scarlett Hooft Graafland, “Seven Steps to Overlapping Beauty”, Salt Works, Bolivia.

Universos paralelos.

Gostou? Compartilhe: