Quem disse que idosos não podem fazer street art?

IMG_3276

V.Jalava é uma grafiteira e educadora finlandesa de 37 anos, que faz intervenções urbanas a favor da comunidade e meio ambiente. Um dos seus projetos mais inusitados é um coletivo composto por pessoas acima de 65 anos, chamado de K65. Os idosos que fazem parte do grupo aprenderam com a artista sobre técnicas de pintura em spray, estêncil e todo o conceito por trás do grafite, e assim, eles mesmos realizaram arte pelas ruas de Helsinque.

A concepção do projeto se deu a partir de uma reflexão sobre o cenário artístico atual, com oportunidades quase sempre limitadas aos jovens e em defesa da tese de que todos deveriam ter acesso as mesmas oportunidades, Jalava pensou: “por que não oferecer aos idosos também?”.

V.Jalava acredita que os idosos não são preconceituosos nem chatos, mas abertos a novos conhecimentos. Depois dessas imagens, a gente não tem dúvida nenhuma disso. O mais legal é que também promove um interlocução entre gerações diferentes, onde jovens e idosos que se interessem pela arte de rua trabalhem e troquem experiências juntos.
Na fanpage oficial do projeto, é possível conhecer melhor o trabalho e as peças produzidas por essa turma mais do que especial.

Gostou? Compartilhe: