As bandas nacionais que mudaram de nome

as bandas nacionais que mudaram de nome foto: reprodução

A gente já falou aqui sobre as bandas mais famosas do mundo que lá no início da carreira tinham nomes diferentes dos que conhecemos hoje. Como tudo na vida, a versão brasileira está um pouco atrasadinha, mas chegou por essas bandas. Titãs, Mutantes, Jota Quest e todo mundo que um dia teve um nome digamos mais… Esquisito.

J. Quest – Jota Quest

Inspirada no desenho animado Jonny Quest, a banda Jota Quest começou batizada pelo nome de J. Quest. Mas para evitar problemas judiciais pesados com os criados do cartoon, a empresa Hannah-Barbera, eles resolveram chamar “jota” em vez de “djei”, pronúncia da letra em inglês.

Criolo Doido – Criolo

Kleber Cavalcante Gomes é nome do rapper brasileiro que alcançou a fama em um boom com o álbum Nó na Orelha sob a alcunha de Criolo. Mas antes dessa fama toda, Criolo era conhecido mesmo como Criolo Doido quando ganhou mais notoriedade na cena Hip Hip nacional.

Devotos do Ódio – Devotos

Devotos do Ódio resolveu remover o ódio de seus nome e vida, ficando apenas com Devotos. Melhor, né?

Titãs do Iê-iê – Titãs

Titâs do Iê-Iê resolveu simplesmente banir o termo porque no início da carreira da banda, os apresentadores de todos os programas não resistiam de chamá-los de Titâs do Iê-iê-iê e isso os irritava profundamente.

Kid Abelha e os Abóboras Selvagens – Kid Abelha

Ninguém soube explicar o por quê dos Abóboras Selvagens no nome da banda. Kid Abelha por si só já não possui sentido algum. Portanto, o que se fez nos anos 1980 parece que ficou por lá, mesmo.

Os Bruxos – Os Mutantes

Os Mutantes se chamavam Os Bruxos até participarem do programa de Ronnie Von na TV Record. O apresentador sugeriu mudarem seu nome para Mutantes. Detalhe: ele estava lendo Império dos Mutantes, de Stefan Wul e teve a ideia.

Nativus – Natiruts

Por casa de problemas de nome com uma banda tradicionalista gaúcha chamada Os Nativos, Alexandre Carlo e companhia mudaram o nome da banda para Natiruts e ficou tudo numa boa.

Blind Pigs – Porcos Cegos – Blind Pigs

Um dos maiores nomes da história do punk brasileiro usou o nome Blind Pigs por boa parte da carreira até resolver trocar em 2006 para o mesmo nome traduzido, Porcos Cegos, por causa do lançamento do álbum Herois ou Rebeldes, contendo só músicas em português. Mas neste ano mudaram de ideia e resolveram voltar ao nome original.

Gera Samba – É o Tchan

É o Tchan não é uma banda, mas está incrustado em nossa memória junto com os hits “Dança do bumbum” “Dança da garrafa” e demais danças que rolaram desde sua primeira formação, em 1992. Por isso, lembramos que antes de se intitular “É o Tchan” (inspiração pelo nome de um dos hits), o Gera Samba começou com o número incrível de 10 integrantes e, na, verdade continua fazendo show por aí. É o Tchan foi apenas uma segmentação do grupo que alcançou maior sucesso.

Scorpius – Chiclete Com Banana

É, minha gente… O chiclete com Banana começou tocando em formaturas, como uma autêntica banda de baile chamada Scorpius até os integrantes aceitarem o primeiro convite para tocar em trio elétrico. E o resto da história nós já sabemos. Inclusive, o anúncio recente de que o vocalista Bell Marques está saindo da banda para começar carreira solo agitou os mais devotos do axé.

Gostou? Compartilhe: