Mistério e surrealismo nas fotografias de Ben Zank

Ben-Zank

No mundo da fotografia onírica, não existem limites para criar. Trata-se de algo próximo a um sonho, onde as pessoas voam e objetos ganham vida ou fazem parte do corpo de alguém. Neste clima lisérgico e ultracriativo, o jovem fotógrafo Ben Zank realiza seu trabalho fotográfico.

Zank utiliza modelos masculinos para fazer composições surreais criando um ar de mistério à produção. A mistura de luz e sombras, ora suaves, ora fortes, dá o tom emocional ao trabalho, que demora mais ou menos três horas para ficar pronto.

Residente em Nova York, o artista diz que também aposta nos autorretratos se utilizando elementos naturais, objetos e enquadramentos para criar efeitos visuais bem singulares. A inspiração de Ben Zank são os também fotógrafos Rodney Smith e o casal Robert e Shana ParkeHarrison: “Este conjunto de fotógrafos representa minhas emoções atuais e passadas. Estar no controle, ser impotente, preso, livre novamente, etc. Eu penso nisso como uma luta pelo poder.” Um trabalho intimista de uma profundidade que impressiona o público.

Confira mais fotos:

Gostou? Compartilhe: