Morte e Vida Severina vira filme de desenho animado

Morte e Vida Severina vira filme de desenho animado foto: reprodução

Versões em filme de obras clássicas da literatura são sempre muito bem-vindas. Aliás, esta que vamos falar é grande conhecida por ser leitura obrigatória para ensino médio e vestibulares. Trata-se do livro de João Cabral de Melo Neto: Morte e Vida Severina.

A trajetória de Severino por uma vida melhor no litoral pernambucano é o cenário da triste e bela narrativa adaptada em filme que manteve o texto integral do consagrado Auto de Natal do escritor. O diretor Afonso Serpa assina o curta-metragem produzido pela TV Escola, canal educativo do Ministério da Educação com o mesmo nome da obra literária original.

Adaptado de desenhos em quadrinhos, o peso do drama ganha forma na versão filme em traços fortes, ásperos e em preto e branco, combinando com a tocante jornada de Severino. Desenhado pelas mãos do cartunista Miguel Falcão, Morte e Vida Severina lembra, às vezes, a técnica de xilogravura ao mesmo tempo em que dá vida em 3D ao personagem.

Vida e Morte Severina é um livro que fomenta debates até hoje. A reforma agrária, a fome, a miséria, todos tratados nesta obra publicada em 1955.

E se somos Severinos
iguais em tudo na vida,
morremos de morte igual,
mesma morte severina:
que é a morte de que se morre
de velhice antes dos trinta,
de emboscada antes dos vinte
de fome um pouco por dia
(de fraqueza e de doença
é que a morte severina
ataca em qualquer idade,
e até gente não nascida).
” – João Cabral de Melo Neto

Confira o filme:

Gostou? Compartilhe: