O futurismo de Angus McKie

O futurismo de Angus McKie foto: reprodução

Já havíamos colocado uma ilustração do artista aqui, mas o trabalho do cara é tão espetacular que vale mostrar mais sobre ele.

Nascido em 1951, na Inglaterra, Angus McKie trabalhou como ilustrador na indústria de quadrinhos. Ele fez várias capas de romances sobre ficção científica nos anos 1970, tema ao qual sempre se dedicou. Por conseqüência de seus trabalhos tão detalhados e belos, acabou influenciando outros diversos artistas do ramo, como Peter Elson e Chris Foss. Seus desenhos futurísticos marcaram época e também já estamparam edições da revista cientifica mais clássica da história: a Omni Magazine.
As espaçonaves, as tecnologias impressionantes e as cores produzidas por McKie são a marca registrada da sua arte.

Em 1993, sem abandonar a temática da ficção cientifica, começou a escrever e desenhar as primeiras duas partes do que seria uma nova revista em quadrinhos a ser publicada pela Dark Horse chamada The Blue Lily: título é baseado em um conto de Dave Weir. As duas últimas partes começaram a ser escritas e ilustradas apenas em 2011, durante seu tempo livre.

Ele também foi responsável pela revista em quadrinhos So Beautiful and So Dangerous para a Metal Magazine.

Veja do que mais ele foi capaz:

Gostou? Compartilhe: