O surrealismo nas esculturas de Johnson Tsang

O surrealismo nas esculturas de Johnson Tsang foto: reprodução

A arte é um universo sem limites, por vezes, impressionante. Uma obra de arte pode chamar atenção a ponto de ficarmos embasbacados com os detalhes tão perfeitos da peça. Este é o caso do trabalho de Johnson Tsang. Ele transformou a simplicidade da cerâmica em peças que imitam bebês e outros seres humanos em expressões perfeitas: linda e exagerada cópia do real.

O artista chinês revela predileção por rostos unidos a objetos e líquidos em movimento, deixando as peças ainda mais intrigantes e exóticas. Uma pitada de bizarrice aqui e um pouco de surrealismo ali, e Johnson é capaz de criar lágrimas rolando de rostos sinistros, brancos, lisos e por vezes deformados (feitos de cerâmica e aço) com incrível esmero aos detalhes.

Johnson Tsang exibe seu trabalho desde 1993, em Hong Kong. Também já expôs em museus da Espanha, Coréia e Suíça. Sua técnica é incrível:

Gostou? Compartilhe: