Curso de Criação: muito mais do que boas ideias

Foto: Schari Kozak

No Curso de Criação os alunos aprendem a criar peças e defender ideias passando por três etapas de trabalho, ao longo de dez encontros: processo criativo, criação e defesa da ideia. Ou seja, os alunos têm a oportunidade de explorar a fundo os passos do processo criativo e da concepção de ideias que culminam no tão esperado momento da execução. Para enfrentar um mercado altamente competitivo, no entanto, é preciso muito mais do que apenas boas ideias.

A propaganda de hoje é versátil e não obedece mais a um formato especifico ou a um modelo pré-concebido, tanto que o Curso de Criação foi moldado para quem quer se preparar muito bem para entrar em boas agências. Quer conhecer o que acontece nas aulas de Criação? Fizemos uma visita no último sábado (26/07) para saber o que os alunos andam produzindo  e também ouvir outras dicas bacanas sobre o curso.

Passada a primeira etapa de processo criativo, chega o momento de colocar as ideias em prática. Traduzindo para a linguagem publicitária, o curso inicia com aulas de brainstorm até chegar na criação, de fato, como explicou o professor Fabio Medvedovski, diretor de criação da Agência Vega. E este foi o momento no qual flagramos os alunos trabalhando, compenetrados: o ato de colocar a ideia no “papel”.

Foto: Schari Kozak

Os professores Alessandro Jacoby e Fabio Medvedovski focam o aprendizado dos alunos para a inserção no mercado da propaganda, mas não se esquecem do respaldo criativo, fornecendo ainda a orientação necessária para o desenvolvimento de peças bacanas que farão parte do portfolio de quem está começando. “É uma forma de dar uma experiência de mercado. Sou diretor de redação e o Jacoby é diretor de arte, na Selling. Nós damos aulas como se fôssemos uma dupla, figurando exatamente como eles vão trabalhar nas agências”. É inegável o tamanho do aprendizado que se adquire quando se trabalha com pessoas que estão inseridas no mercado. Por isso, com uma mescla de teoria e prática, as ideias vão tomando forma.

Foto: Schari Kozak

A terceira fase do curso é ministrada pelo professor Fabio Bernardi. É a fase de apresentação da ideia, quando o aluno aprende a vender sua proposta para o cliente. E os destaques da turma? Possivelmente já conseguem indicações e vagas para futuros trabalhos: “Como quem dá aula na Escola de Criação trabalha em agência, acontece muito de levarmos talentos para as agências”, conta Medvedovski.

Então, você faz o curso e aprende pra caramba. De quebra, ainda monta um portfolio e pode sair contratado. É ou não é demais? Vem pra cá estudar com a gente. Saiba mais acessando o nosso site escoladecriacao.espm.br e confira os demais cursos oferecidos.

Gostou? Compartilhe: