Desafiando a gravidade – Ciência avança em estudos da levitação

Desafiando a gravidade - Ciência avança em estudos da levitação / foto: reprodução

Quem nunca pensou em poder manobrar o skate flutuante do McFly no filme De Volta para o Futuro? E se o objeto existisse? Ok, ainda não chegamos lá, mas parece que estamos no caminho. O fato é que pesquisadores japoneses conseguiram montar um sistema de levitação aérea inovadora para pequenos objetos, o que já pode nos dar a esperança de poder, um dia, flutuar por aí em shapes coloridos.

O sistema montado para o experimento funciona com ondas acústicas que atuam contra a força gravitacional, informação que não significa propriamente uma novidade na pesquisa. Mas o objetivo não era apenas levitar em uma base magnética e, sim, poder também deslizar. A novidade é a descoberta de que os objetos levitam em três dimensões. Com ela, foi possível fazer eles se movimentarem para os lados, saírem do ponto fixo. Com o título “Manipulação do ar em três dimensões através de ultrassom” o estudo realizado pelos pesquisadores japoneses Yoichi Ochiai, Takayuki Hoshi e Jun Rekimoto foi publicado pela Cornell University, em Nova York.

A série de experiências possibilitou que os objetos deslizassem, usando um eixo acústico do feixe de ultrassons paralelo à força da gravidade. Assim, eles puderam ser manipulados para lado e para o outro ao longo dos eixos fixos: uma verdadeira levitação acústica.

O vídeo abaixo demonstra a evolução dos estudos sobre levitação e o sucesso dos testes realizados pela equipe de pesquisadores:

Gostou? Compartilhe: