Fotografia de pássaros vira partitura

Fotografia de pássaros vira partitura / foto: reprodução

Um belo dia, o repórter fotográfico d’O Estado de S. Paulo Paulo Pinto fez uma imagem de pássaros pousados em fios de luz no interior do Rio Grande do sul. Na publicação no jornal, o publicitário Jarbas Agnelli viu música. Na disposição dos pássaros, enxergou notas musicais que poderiam se tornar uma bela canção. Com a ideia na cabeça, o Jarbas, que também é músico, recortou a foto do jornal e, na mesma noite, no estúdio de sua casa, começou a compor com base nas notas que viu na imagem.

A foto chamou atenção por ter cinco fios de alta tensão, o numero exato de linhas de uma pauta musical. “Eu cortei a foto e decidi fazer uma música, usando a localização exata dos pássaros como notas. Fiquei curioso para ouvir a melodia que os pássaros estavam criando”, explicou o publicitário.

Depois tocar a musica no piano, Agnelli pesquisou quem era o dono da foto e lhe enviou a música. Animado com a ideia, o fotógrafo Paulo Pinto retornou a Agnelli enviando a foto original sem cortes. “Ele ficou superemocionado e muito feliz. Mandou a foto original de volta, que tinha mais passarinhos, porque a foto havia sido cortada nas duas pontas. Aí eu ganhei mais umas quatro notas para um lado e umas quatro notas para o outro”, contou o músico.

Animado com a ampliação da peça, Jarbas voltou ao computador e refez a música toda em mais uma madrugada. Animado com o resultado, resolveu criar um vídeo que explicasse seu raciocínio nessa leitura. O vídeo fez sucesso com zilhões de views na internet. Vale a penar recordar esse processo criativo.

Gostou? Compartilhe: