Garrafa de uísque J&B ganha versão tatuada na França

GarrafasTatuadas_JB_capa

Um pouco cedo para falarmos de bebidas (recém segunda-feira), mas a marca de uísque J&B fez uma edição limitada sensacional para celebrar sua origem.

Tudo começou em 1749, quando Giacomo Justerini, um italiano da cidade de Bologna, foi para Londres atrás de seu grande amor, a cantora de ópera Margheritta Bellino. Depois de ser rejeitado pela amada, ele se iniciou na comercialização e importação de vinhos com o tio até se tornarem conhecidos pelos uísques, com a empresa Justerini & Brooks. Na mesma época, as tatuagens se tornavam cada vez mais populares entre os marinheiros do Reino Unido.

Por isso, a quarta marca de uísque mais vendida do planeta resolveu celebrar sua origem tatuando as garrafas do uísque J&B Rare. O responsável pela arte foi o tatuador Sébastien Mathieu, do estúdio Le Sphinx, em Paris. Ele tatuou 25 garrafas previamente envolvidas em uma camada de látex, demorando cerca de 20 horas para finalizar cada item.

À venda somente na Publicis Drugstore e L’éclaireur Rue de Herold, em Paris, as garrafas de J&B Rare tatuadas custavam 150 euros a unidade. A beleza das tatuagens impressas nas garrafas impressiona:

Cada J&B vinha acompanhada de uma caixa de madeira.

Veja o vídeo mostrando como foi feita a decoração do rótulo:

Gostou? Compartilhe: