Noise: a visualização do som através do stop motion

noise-c

E se o som pudesse ser visualizado? Essa é a relação das pessoas com os sons no curta-metragem Noise, produzido em 2010.

Três anos depois de divulgarem o trailer de seu filme Noise, os animadores poloneses Katarzyna Kijek e Przemyslaw Adamski lançaram a versão completa e online pela primeira vez. O curta chegou a ser exibido em mais de 60 festivais de cinema pelo mundo, recebendo inúmeros prêmios e elogios da crítica pelo caminho.

O filme é uma amostra de como o som seria visualmente, feito em stop motion, começando por sons individuais que penetram no apartamento do personagem principal e vão se espalhando com outros ruídos que evocam ainda mais imagens. Uma viagem bem bacana sobre como seria a aparência dos sons.

Noise (ruído) foi inspirado no trabalho teórico de George Berkeley, um filósofo irlandês do século XVII, e em noções básicas de percepção sinestésica. Parece complicado, mas o melhor mesmo é assistir ao curta e entender o som visualizado. Vem:

Gostou? Compartilhe: