“You are not a product”, avisa a rede social Ello

ello-rede-social

Com o mote “Você Não é Um Produto” uma nova rede social ameaça a supremacia do Facebook atualmente. O Ello surgiu no ano passado disponível para um número restrito de usuários e agora começa a expandir-se no universo da internet com um posicionamento bem polêmico: quer ser a rede social anti-Facebook.

De início, o Ello estava aberto apenas para um grupo exclusivo composto por amigos de seus criadores. “Estávamos cansados das outras redes sociais — exaustos e irritados com as propagandas e a bagunça, e nos sentindo manipulados e enganados pelas empresas que claramente não colocam nossos interesses em primeiro lugar”, desabafou Paul Budnitz, um dos criadores. Por isso, ele e alguns amigos decidiram criar a nova rede. Rapidamente, ela se expandiu e conforme os integrantes convidavam outros amigos, a capacidade acabou não dando conta. O Ello não havia sido programado para tal escala de usuários. Então os criadores decidiram reconstruir tudo, montando do zero uma plataforma bem mais robusta da rede social. “Nós a criamos com pessoas criativas em mente, pessoas que valorizam o conteúdo, e um pouco de debate e diálogo acerca do que é postado”, disse Paul. E os criadores avisam: a novidade ficará pronta em poucos dias.

O diferencial do Ello é ser uma rede social simples, com um design minimalista, e o mais importante de tudo: que seja voltado aos usuários, sem propagandas ou armazenamento de dados. “O Facebook e o Tumblr não são redes sociais de verdade — são espaços de publicidade. A missão deles é vender”, disse Budnitz. “A ideia por trás não é te fazer feliz. Não é compartilhar arte. Não é conectar você e seus amigos. Mas sim vender. Ponto. Todo o resto é uma ilusão.”, complementa.

Curioso? Acesse o ello.co e peça o seu convite. O serviço será gratuito desde seu início e terá funções que poderão ser pagas também.

Gostou? Compartilhe: