A arquitetura do futuro existe? Alguns dizem que sim

alcabideche-portugal

Quem não é apaixonado por aquele tipo de arquitetura exuberante, diferente e com formas incríveis ainda pouco avistadas por aí? Alguns prédios, quase surreais de tão futurísticos roubam a cena de uma cidade, mostrando que é possível, sim, fazer construções que encham os olhos e sejam ainda úteis, que contem um pouco do que será o nosso futuro através de uma arquitetura ousada que não pensa no espaço apenas como construção, mas também como objetos de design.

No livro O futuro da arquitetura em 100 edifícios, escrito pelo arquiteto americano Marc Kushner, recentemente publicado pelo TED Books /Simon & Schuster, o autor teoriza sobre “nova era da arquitetura”, em que os edifícios não serão considerados apenas abrigos, mas elementos artísticos e funcionais cortando o azul dos céus mundo afora. Confira quatro das cem construções apresentadas no livro de Marc:

Arca Nova – Matsushima, Japão
Projetado por Arata Isozaki e Anish Kapoor, esta sala de concertos inflável e móvel é feita de uma membrana de plástico elástico. O local tem 500 assentos e pode inflar em menos de duas horas e, quando desinflado, pode mover-se para um novo local. O trauma das catástrofes inspira as mudanças por lá.

Tverrfjellhytta  – Hjerkinn, Noruega
Esse lugar é também uma pista de caminhada com uma espetacular vista para a cordilheira Dovrefjell na região central da Noruega. De lá é possível apreciar o lar de alguns dos últimos rebanhos de renas selvagens remanescentes na Europa. Um pavilhão projetado por Snøhetta convida os visitantes a se aquecer enquanto observam os animais. A estrutura é incrível: além da madeira usada para a parte interna, e aço na parte de fora, as rochas que foram erodindo com o tempo também fazem parte da construção.

Metropol Parasol – Sevilha, Espanha
Quando Sevilha decidiu substituir o estacionamento por uma estação de ônibus no centro da cidade, o governo ficou surpreso ao descobrir ruínas romanas abaixo da superfície. O que fazer?  A estrutura construída por J. Mayer H. Architects chegou a ganhar uma competição internacional. Seu design protege as ruínas, oferece espaço para lojas e cafés e cria uma grande praça pública para a cidade. Os visitantes podem subir até o topo para apreciar uma vista panorâmica da cidade murada. No entanto, a parte mais incrível não é a sua forma da construção, mas o fato de ter sido erguida principalmente em madeira. É a maior estrutura colada na Terra.

Alcabideche Complexo Social – Alcabideche, Portugal
O complexo habitacional exclusivo para idosos reflete a ênfase cultural de Portugal na qualidade de vida. Cada peça da construção feita pela Guedes Cruz Arquitectos é baseada em uma cidade mediterrânea. Por isso, as ruas, a praça e os jardins são uma extensão de cada residência. Os telhados translúcidos acendem quando a noite cai, garantindo que os moradores idosos possam se movimentar livremente durante a noite. O sistema de iluminação também foi pensado em caso de emergência de um morador: assim que o alarme da casa é acionado, a luz do telhado muda da cor branca para a vermelha, sinalizando a necessidade de ajuda.

Gostou? Compartilhe: