As areias de praia mais coloridas desse mundão

Pfeiffer_Beach

Muitos nem imaginam, mas a aparência das praias pode variar bastante – algumas são inclusive cobertas por rochas, como é o caso da orla de Brighton, na Inglaterra. Isso sem falar nas cores da areia (isso mesmo!).

Em Harbour Island, nas Bahamas, encontramos a Pink Sand Beach, agraciada com areia rosa. São cinco quilômetros de extensão em que essa cor se encontra com um mar azul e morno. A coloração acontece por causa de um tipo especial de foraminíferos que vivem em pequenas conchas avermelhadas. Quando eles morrem, as conchas permanecem e as rochas acabam as esmagando, espalhando a cor.

Papakolea Beach, no Havaí, também é conhecida como Green Sand Beach, por motivos óbvios. A curiosa história tem a ver com o vulcão submarino Pu’u Mahana, de 49 mil anos de idade. Os minerais das rochas da lava ficam pela água e o cristal de Olivina (o mais leve deles) não acompanha o movimento da maré: permanece na beira da água formando uma areia verde-oliva. Para habitar o local é necessária uma autorização do Departamento de Terras Natais Havaianas.

Já viu praia de areia preta? É, meu caro, essa cor de areia também existe.  A Punalu’u Beach, novamente no Havaí, tem areia escura por causa da lava escorrida do Parque Nacional dos Vulcões. Apesar de linda, a praia é imprópria para mergulho. Segundo os locais, o meliante que levar areia ou pedra da praia (ato proibido por lei) é amaldiçoado pela Deusa Havaiana do Vulcão até que o sedimento seja devolvido.

Esta última não poderia faltar. A areia mais branca de todas (!) fica em Hyams Beach, Austrália. A brancura é tão impressionante que inclusive está registrada no Guinness Book. A praia fica a três horas de Sydney. Vale a pena conferir a areia mais clara e brilhante, banhada por um mar muito azul e cristalino.

Gostou? Compartilhe: