“Dumbo” vai ganhar versão de Tim Burton

Dumbo-Tim-Burton

O clássico desenho Dumbo, da Disney, será contado em nova versão, com atores reais e computação gráfica. Lançada em 1941, a animação conta o drama de um elefante ridicularizado por ter as orelhas muito grandes, mas que acaba ficando famoso justamente quando descobre que pode voar utilizando-as como asas. O diretor do filme que está por vir será ninguém menos que Tim Burton.

Não é a primeira vez que o diretor está à frente de um projeto do tipo. Em 2010, Burton levou sua estética à versão cinematográfica de Alice no país das maravilhas, com Mia Wasikowska e Johnny Depp. A versão atualizada de Dumbo, com roteiro de Ehren Kruger (de Transformers: A Era da Extinção), terá um drama familiar em paralelo à história do elefante.

O anúncio da produção chamou a atenção dos ativistas da PETA (People for the Ethical Treatment of Animals), ONG que defende direitos dos animais. Eles enviaram carta aberta a Tim Burton pedindo alterações no final do filme: “O jovem elefante e sua mãe podem ter um verdadeiro final feliz seguindo suas vidas em um santuário”, sugere a carta. Lisa Lange, vice-presidente da PETA, enfatizou que o filme mostra o elefante “aprisionado e abusado pela indústria do entretenimento”. “Nós amamos o Dumbo original por contar a história do abuso devastador que elefantes sofrem nos circos, e esperamos que você (Burton) mantenha esse tom no novo filme”, completou a ativista.


Conhecido por seu estilo único em filmes como Beetle Juice, Peixe Grande e Suas Histórias Maravilhosas e Edward Mãos de Tesoura, Tim Burton inventa uma estética surreal, gótica, sombria e ao mesmo tempo cria uma abordagem sensível e cheia de humor. Esse estilo tão seu já até virou adjetivo e é conhecido por “burtonesco”. Mas será que ele vai se render aos pedidos do PETA? O filme ainda não tem previsão de estreia. Aguardemos.

Gostou? Compartilhe: