20 anos depois e a influência estética de Trainspotting

traisnpotting-2-652x366

Trainspotting é um dos títulos mais conhecidos em listas de melhores filmes desde que foi lançado, em 1996. Com uma estética grunge e um humor ácido, o romance de Irvine Welsh, dirigido por Danny Boyle, foi criticado por muitos por exaltar o consumo de heroína e a cultura da droga. Mas justamente essa abordagem foi o que influenciou a estética da época até os dias de hoje.

Depois de 20 anos de seu lançamento, o legado visual deixado pelo filme, é muito mais do que um olhar sobre a vida de um grupo de viciados em heroína. Mark Renton e seu clã de amigos junkies retratam exatamente o que foi a estética grunge dos anos 1990. Calça jeans, camisetas justas, regatas surradas, jaquetas e camisa xadrez, tanto no corpo quanto amarrada na cintura, shorts curtos e calças cargo. Tudo de qualquer jeito e sem nenhuma importância estética. Cabelos raspados, cara pálida, olheiras e uma magreza típica dos viciados.

E aí, o que você mais acha que o filme contribuiu esteticamente até os dias de hoje?

Gostou? Compartilhe: