Iniciativa inédita promove pesquisa de sutiã para mulheres que tiveram câncer de mama

sutiã cancer de mama 2

Imama, ESPM –Sul e Elegance moda íntima estão convidando todas as mulheres que tiveram câncer de mama a contribuir para o desenvolvimento de sutiã especial através do preenchimento de uma pesquisa online (http://bit.ly/1s75ACN).

A iniciativa inédita une responsabilidade social, conhecimento médico, estudo acadêmico e inteligência de desenvolvimento de produto vai resultar na criação de uma coleção cápsula de lingeries que atenda as necessidades das mulheres que fizeram a remoção dos seios. “A ideia inovadora do projeto, de trazer para a moda a necessidade de satisfazer o público feminino que passou pela mastectomia, mas que não realizou a reconstrução mamária, é algo maravilhoso e de vanguarda.  Estimular a autoestima e a beleza destas pacientes oferecendo um sutiã pensado exclusivamente em suas necessidades, mostra que o trabalho do IMAMA em desmitificar o câncer de mama e o seu impacto está acontecendo na prática”, destaca Dra. Maira Callefi, presidente do IMAMA.

O sutiã será um produto do Imama, desenvolvido pela ESPM e com a produção da empresa madrinha: a Elegance. “Precisamos conhecer profundamente as necessidades dessas mulheres, para podermos desenvolver um produto que realmente as atendas nesse momento”, destaca Eliane Magnam, diretora da Elegance.  No final do mês de abril, foi realizada a pesquisa qualitativa com a presença de sete mulheres vitoriosas do Imama (que passaram pela retirada da mama), médicos e psicóloga. Nos meses de maio e junho o foco é coletar mais informações para que possa embasar o desenvolvimento do produto.  Mulheres de todo Brasil que tiveram câncer de mala podem responder a pesquisa através do link http://bit.ly/1s75ACN.

“É uma hora para a ESPM-Sul estar envolvida em uma atividade tão importante para a nossa sociedade. Os alunos estão vendo que moda é muito mais que um desfile, mas que pode-se pensar em empoderamento feminino para diferentes públicos e que existe muita demanda a ser trabalhada nesse sentido, pois todo e qualquer ser humano precisa se sentir bem com o que veste,  porque a roupa é o território de sua existência, e a lingerie em especial fala muito sobre nós, pois vestimos ela para nós mesmos”, destaca a professora Camila Brumm.

A iniciativa conta com profissionais, especialistas e voluntários de diversas áreas e a equipe do projeto conta com médicos do Hospital Moinhos de Vento, coordenados pela presidente do Imama, Dra. Maira Callefi, voluntárias vitoriosas da instituição, professores e alunos da ESPM-SUL,  profissionais da Elegance  e parcerias estratégicas do negócio social Da Mathias, Sallaberry Marketing Feminino, Gestão de Projetos na Prática, As Secretárias e Rohde e Carvalho Diagnóstico e Pesquisa.

Elegance

Quem você quer ser hoje? Antenada, Romântica, Prática, Poderosa? Com a Elegance a mulher pode ser todas e quando quiser. Esse é o propósito da marca gaúcha, que há 23 anos apoia as mulheres em suas decisões e em todos os seus momentos de vida.

Especializada em moda íntima, em 2014, expandiu as suas operações por meio de franquias para todo o país, e já conta com quatro unidades, sendo uma própria e três franqueadas, prevendo ainda a abertura de 55 novas unidades franqueadas nos próximos cinco anos. Além disso, a marca conta com ecommerce  www.elegance.com.br e pode ser encontrada fisicamente em mais de 600 pontos de venda espalhados pelo Brasil e pelo mundo (Estados Unidos, Chile, Colômbia, Argentina, Portugal, Japão e Nova Zelândia). Desde 2012, a empresa está instalada em um moderno parque industrial, localizado em Guaporé/RS, no qual produz em torno de 100 mil peças/mês.

Gostou? Compartilhe: