Novas Barbies: gente como a gente

barbie-realistic-bodies-doll-real-women-2

Depois de 57 anos que ela chegou às prateleiras, a Barbie, finalmente, se parece com a grande maioria das mortais. Alguns acreditam que este resultado é fruto da pressão da sociedade para que as marcas considerem corpos mais plurais e reais, e até dos próprios concorrentes da boneca, que já vêm buscando outros caminhos.

Independente do motivo, é incrível ver Barbies cheias de curvas, ou altas, ou magras ou em sete cores de pele diferentes. O projeto secreto para mudar a imagem da Barbie foi batizado de Projeto Alvorada, e apenas vinte pessoas sabiam da sua existência. As primeiras novas Barbies, produzidas pela Mattel, chegaram às prateleiras hoje, 28 de janeiro.

Curtiu o resultado?

Gostou? Compartilhe: